Homem recebe multa de R$ 72 mil por desmatamento de área protegida

360
Durante fiscalização ambiental rural no município de Santa Rita do Pardo, a PMA de Bataguassu autuou ontem (10) um fazendeiro, de 59 anos, por desmatar área de reserva legal (protegida) e que medida em GPS perfez 14 hectares. O desmatamento ocorrera há alguns meses e a vegetação já se encontrava em recuperação.
O proprietário da fazenda, residente em Dracena (SP), alegou que foi erro do funcionário que realizou a desvegetação e não possuía autorização para a atividade. Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 72.000,00. O infrator responderá por crime ambiental. A pena é de três a seis meses de detenção.
O fazendeiro foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada (PRADE), junto ao órgão ambiental.
PMA autua proprietário rural paulista com terras em MS em R$ 72 mil por desmatamento ilegal de área protegida por Lei
COMPARTILHAR