Serviços habitacionais são alinhados pela Agehab e por Prefeituras

30
Divulgação

Quatro municípios do interior do Estado estão trabalhando para garantir que os investimentos habitacionais adquiridos sejam entregues o quanto antes para a população. Autoridades de Caracol, Cassilândia, Jaraguari e Santa Rita do Pardo, alinharam com a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) os próximos passos com as equipes de trabalho da autarquia.

Maria do Carmo Avesani Lopez, diretora-presidente da Agehab, e Edson Rodrigues Nogueira, prefeito de Jaraguari, analisaram o desempenho das famílias contempladas com terreno e base no loteamento Otaviano Pereira, onde as mesmas constroem a própria casa. Alguns contemplados se encontram atrasados para concluir a moradia dentro do tempo previsto pela legislação do Projeto Lote Urbanizado, que é de dois anos.

Já o prefeito do município de Caracol, Carlos Humberto Pagliosa, conversou com a equipe da Gerência de Habitação (GH) sobre o orçamento dos materiais de construção para a produção de 18 unidades habitacionais.

Ele ainda se reuniu com a chefe da divisão de projeto social da autarquia, Adenice Lira, que trabalha em conjunto com a equipe municipal, para recolher a documentação das famílias beneficiadas.inda no âmbito da construção civil, famílias de Santa Rita do Pardo estão prestes a começar mais uma fase do Lote Urbanizado, a cobertura. Os contemplados ergueram as paredes após receberem a base com contrapiso, fossa séptica e sumidouro, do Governo do Estado. Lúcio Costa, prefeito da localidade, foi acompanhado pela arquiteta Janine Fróes e pela secretária executiva do Consórcio Político de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema – Codevale, Daniele Cabriotti, a fim de garantir que os trabalhos sigam corretamente às normas do projeto.E a comitiva de Cassilândia, composta pelos vereadores Zé Divino, Fião, Leandro Rosa de Souza e Arthur Barbosa de Souza Filho, demandou mais regularização fundiária para os empreendimentos Laranjeiras V, Bom Jesus, Alto Izanópolis, Minas Gerais e Campo Grande.
Amilton Candido, da Gerência de Projetos Urbanos, acompanhou Maria do Carmo durante toda a reunião.

Davi Nunes Souza, Agehab

COMPARTILHAR