Santa Rita do Pardo vai receber R$ 130 mil para comprar produtos da agricultura familiar

21
Priscilla Peres - Comunicação Semagro

Campo Grande (MS) – O município de Santa Rita do Pardo será contemplado com R$ 130 mil em recursos do Programa de Aquisição Alimentar (PAA), na modalidade de compra com doação simultânea. O termo de compromisso foi assinado  entre o prefeito Cacildo Pereira e o secretário Jaime Verruck, na Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

A expectativa é que 20 produtores de Santa Rita do Pardo sejam beneficiados com a venda de seus itens. Os produtos comprados com o recurso do Governo Federal serão destinados a três unidades de Assistência social da cidade. Neste modelo a produção fica no município e atende famílias em situação de vulnerabilidade.

Em todo o Mato Grosso do Sul serão 12 municípios contemplados com o programa desenvolvido pelo Ministério da Cidadania. “O programa é importante porque ele dá segurança ao segmento da Agricultura Familiar e atende a população mais carente. Isso vai ao encontro com o que o governador Reinaldo Azambuja nos orienta sempre”, disse o secretário da Semagro, Jaime Verruck.

O prefeito Cacildo Pereira explica que o município tem produção de verdura e legumes de 20 produtores familiares do assentamento São Thomé. “Nós valorizamos a produção, compramos para a merenda escolar e para integrar cestas básicas. Esse programa será muito importante para nós, para fortalecer nossa agricultura”, diz.

Mato Grosso do Sul receberá R$ 2,565 milhões do PAA e a previsão é de beneficiar 395 agricultores familiares e 78 entidades de assistência social de 12 municípios. Será aberta uma chamada pública para que os agricultores aptos se inscrevam, sendo que um dos requisitos é oferecer no mínimo três diversidades de culturas.  Cada agricultou habilitado receberá um cartão onde o recurso será depositado.

A Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) vai dar apoio na divulgação e nas questões técnicas pertinentes a adesão ao programa. A coordenador do PAA estadual, Karla Nadai realizou uma capacitação para todos os técnicos da Agraer dos municípios que serão beneficiados. “Assim que a chamada pública for aberta já estaremos capacitados para dar todos o apoio que os produtores precisarem”.

COMPARTILHAR