Prefeitura de Bataguassu inaugura Centro de Hemodiálise “Dolores Sanches Dias”

18
Assecom Prefeitura de Bataguassu

Assecom Prefeitura de Bataguassu

A Prefeitura de Bataguassu, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inaugura nesta sexta-feira, dia 24 de julho, o Centro de Hemodiálise “Dolores Sanches Dias” (rua Ribas do Rio Pardo, nº 59).

A unidade de saúde será responsável pelo atendimento de pacientes da cidade e região que possuem problemas renais crônicos.

No que se refere a obra, foram investidos recursos próprios na ordem de R$ 776.598,06 mil para construção do prédio.

Com área de 549,19 m², as novas instalações oferecem recepção, banheiros com acessibilidade (sanitários para pacientes e para servidores); vestiários, arquivo, sala para consultório médico, sala multidisciplinar, copa para paciente, sala de treinamento para diálise peritoneal, sala de emergência, sala para implante de cateter, sala de paramentação, sala de confecção de fístula, almoxarifado, sala de recuperação, rouparia, posto de enfermagem, salas para pacientes (sorologia positiva e negativa); posto de enfermagem, sala para acondicionamento de dialisadores, sala para processamento de dialisadores entre outros espaços.

Anteriormente, segundo a secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso, os pacientes de Bataguassu eram submetidos a tratamento médico em unidades hospitalares de Presidente Prudente (SP), Ilha Solteira (SP), Paranaíba (MS), Campo Grande (MS) e Três Lagoas (MS).

Desde o início desta semana, por sua vez, os pacientes já estão sendo atendidos em Bataguassu. “Essa é mais uma obra aguardada, que proporcionará um atendimento adequado e especializado, diminuindo as dificuldades já vividas por esses pacientes”, relata. Cb image default

Maria Angélica ressalta que através da parceria com a Vara do Trabalho, houve a destinação de mais de R$ 1 milhão para aquisição das máquinas de hemodiálise e do sistema completo de tratamento de água por osmose reserva utilizada para o atendimento dos pacientes.

Para o prefeito Pedro Arlei Caravina (PSDB), a construção do Centro de Hemodiálise trata-se de uma relevante obra que irá elevar a qualidade da prestação de serviços aos usuários da rede municipal de saúde. “O tratamento em si já sacrificava o paciente, mas a viagem debilitava ainda mais. Esperamos melhorar a qualidade de vida dessas pessoas que poderão se tratar em nossa cidade”, comenta o gestor, que é o atual presidente da Assomasul.

INAUGURAÇÃO

Para a solenidade de inauguração, é aguardada a presença de algumas lideranças políticas. Devido a pandemia da Covid-19, o acesso ao prédio público será restrito para visitação e todos os presentes na solenidade deverão fazer uso de máscara facial.

Na data, será feita ainda uma homenagem a “Dolores Sanches Dias”, paciente que sofria com problemas renais e que foi vítima de um acidente ocorrido no ano passado. Dolores será eternizada emprestando o seu nome ao Centro de Hemodiálise.

COMPARTILHAR