PMA apreende 500 metros de rede para pesca em rios de MS

29

Em uma operação de fiscalização ambiental iniciada , nos rios Paraná, Pardo, Santa Luzia e Anhanduí, nos municípios de Bataguassu, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Ribas do Rio Pardo, a Polícia Militar Ambiental (PMA) apreendeu 0,5 km de redes e 67 anzóis de galho. A fiscalização abordou 15 embarcações e 42 pescadores.

Durante a retirada dos petrechos ilegais foram soltos aproximadamente 15 quilos de pescado que estavam vivos e presos às redes. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram localizados.

Segundo a PMA, a fiscalização preventiva continuará sendo realizada para evitar a depredação dos cardumes, especialmente com uso desses tipos de petrechos ilegais que possuem alto poder de captura.

A Polícia alerta, se identificados pescadores com uso destes petrechos proibidos, podem respondem por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Há também previsão de multa administrativa de R$ 700,00 a R$ 100.000,00.

COMPARTILHAR