Bebês entre 6 meses e crianças menores de 5 anos devem tomar vacina contra “sarampo”, dia “d” será neste sábado!

20
Além das crianças, os profissionais da saúde também devem ser imunizados independentemente da idade, recebendo duas doses de vacina contendo o componente sarampo. Os profissionais que não comprovarem duas doses dessas vacinas deverão ser vacinados, conforme a situação encontrada. Para evitar a transmissão nas unidades de saúde, é fundamental que todos os trabalhadores dos serviços estejam vacinados.As ESF’s José Gisfredo e Nair Fernandes estarão efetuando a vacinação contra o sarampo. A ideia é que os pais aproveitem o feriado nacional para imunizar seus filhos, protegendo contra essa doença. A unidade de saúde estará aberta das 09h às 17h.

Sobre o sarampo

A doença se espalha pelo ar por gotículas respiratórias produzidas ao tossir ou espirrar. Requer um diagnóstico médico. Os sintomas do sarampo aparecem apenas de 10 a 14 dias após a exposição. Eles incluem tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e irritação na pele com manchas vermelhas.

As pessoas podem ter:

Dores locais nos músculos

Tosse forte ou seca

No corpo: fadiga, febre, mal-estar ou perda de apetite

No nariz: nariz escorrendo, vermelhidão ou espirros

Na pele: erupções ou manchas vermelhas

Também é comum: conjuntivite, dor de cabeça, dor de garganta, inchaço dos gânglios, irritação nos olhos ou sensibilidade à luz.

 123
COMPARTILHAR