Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua paranaense em R$ 9 mil por transporte de carga com 30 m³ de madeira ilegal advinda do estado do Pará

16

Policiais Militares Ambientais de Batayporã deslocaram-se à delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina hoje (4), ao serem acionados pela Polícia Civil daquela cidade, que estava com um tractor Mercedes Benz, com uma carreta Bitrem carregada de madeira que estaria sendo transportada ilegalmente, a qual fora apreendida ontem (3) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 267 na altura do km 129.

O veículo deslocava-se do estado do Pará para a cidade de Maringá (PR), quando foi abordado pela PRF. O caminhão transportava madeira nativa serrada sem a nota fiscal e sem o Documento de Origem Florestal (DOF), que é o documento ambiental para o transporte e armazenamento de qualquer produto florestal, o que se caracteriza como crime ambiental.

Os Policiais Militares Ambientais efetuaram a cubagem da madeira que perfez 30 m³ e autuaram administrativamente o condutor e proprietário da carga (52), residente em Maringá (PR), aplicando-lhe multa de R$ 9.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. A pena para este crime é de seis meses a um ano de detenção.

COMPARTILHAR