Acordo assinado com a CESP (Companhia Energética de São Paulo) garante mais de R$ 36 milhões em recursos para investimentos em ações do governo municipal em Santa Rita do Pardo

62
Processos judiciais contra a Cesp se arrastavam há mais de 20 anos. Imagem: Celso Santos

O recurso foi pago pela empresa a título de indenização por impactos ambientais causados pela construção e funcionamento da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sérgio Motta, em Porto Primavera (SP), que faz divisa com cidades sul-mato-grossenses.

São ações que contemplam a área urbana e a zona rural de Santa Rita do Pardo.Além dos setores da Educação, Infraestrutura e Saúde, os recursos serão aplicados na Segurança Pública, no Esporte e Lazer.

As primeiras licitações já  começaram a ser realizadas no primeiro Semestre de 2019.“Investir R$ 36 milhões significa investir na redução do desemprego, significa investir nas pessoas, e  é para isso que nós estamos trabalhando”, afirmou o gestor municipal ao pontuar as obras que seguem em andamento e outras que já foram licitadas, além daquelas que terão início em breve.

“É uma alegria para nós podermos dar início nas obras firmadas no TAC(Termo de ajustamento de Conduta), com o MPMS.”, afirmou o chefe do Poder Executivo, Cacildo Dagno,  estamos anunciado o pacote de investimentos e assinando autorização para licitação de obras, aquisições de equipamentos.

1

2

 

COMPARTILHAR