Polícia Militar Ambiental de Campo Grande prende pescador paulista por pesca predatória e apreende 21 kg de pescado ilegal

13
Imagem: Divulgação

Durante fiscalização fluvial no rio Miranda, visando a prevenção à pesca predatória no município de Anastácio, uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Campo Grande prendeu hoje (30) à tarde, um pescador paulista de 55 anos por capturar pescado abaixo da medida permitida por lei, durante fiscalização em um pesqueiro, onde havia vários quiosques com pescadores hospedados.

Vários pescadores fiscalizados no local tinham pescado legalmente, porém, o infrator havia capturado 42 exemplares de peixes das espécies piavuçu, curimbatá, piau e piraputanga, pesando 21 kg, havendo vários exemplares abaixo da medida permitida pela legislação. O pescado foi apreendido.

O infrator, residente em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Anastácio, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.116,00.

COMPARTILHAR