Carreta da Justiça atendeu 200 moradores em Santa Rita do Pardo

43

A Carreta da Justiça voltou a atender a população nesta semana. A primeira comarca que recebeu o atendimento neste semestre foi Santa Rita do Pardo (22 e 23). No total, 200 pessoas procuraram o serviço do Poder Judiciário, nestes dois dias de atendimentos. Agora, na sequência, a Carreta segue rumo a Selvíria (25 e 26), fechando os atendimentos desta semana.

Em Santa Rita do Pardo, cidade com 7.801 habilitantes (estimativa IBGE) e distante 245 km da Capital, a equipe do juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira atendeu as demandas da população santa-ritense. Nos dois dias foram realizadas 37 conversões de união estável em casamento, seis divórcios, duas exonerações de alimentos. Também foram realizados um reconhecimento de paternidade e um reconhecimento de união estável, além de 47 novas ações abertas na comarca.

Agora, a população de Selvíria pode esperar os serviços realizados de forma rápida e totalmente gratuita.

Na unidade móvel do Poder Judiciário é possível realizar os seguintes serviços judiciais:

  • Reconhecimento de união estável e a conversão em casamento;
  • Exame de DNA para investigação e reconhecimento de paternidade;
  • Pedido de pensão alimentícia, execução e desoneração de alimentos;
  • Pedido de guarda de menores;
  • Conversão de separação judicial em divórcio e divórcio;
  • Cobranças e outros pedidos da área cível.

Além disso, ainda são disponibilizados esclarecimentos sobre os serviços prestados pelo Poder Judiciário e os agendamentos já realizados para os processos que tramitam na comarca sede.

Calendário – Após atender Selvíria (25 e 26/07), a Carreta da Justiça dará uma pausa e volta seus atendimentos em agosto na comarca de Taquarussu (19 e 20/08) e depois para Novo Horizonte do Sul (22 e 23/08). No calendário deste ano ainda estão Jateí (16 e 17/09), Vicentina (19 e 20/09), Japorã (14 e 15/10), Juti (17 e 18/10), Douradina (04 e 05/11) e fecha o atendimento no ano de 2019 em Laguna Carapã (07 e 08/11).

Saiba mais – A Carreta da Justiça faz parte do programa Judiciário em Movimento, que tornou 100% dos municípios sul-mato-grossenses sedes de comarcas.

COMPARTILHAR