Foragido por roubar bancos em SP, chefe de grupo que sequestrou comerciantes em MS é preso

211
Objetos recuperados com a dupla suspeita de vários roubos — Imagem: Reprodução/TV Morena

A Polícia Civil prendeu o chefe de um grupo criminoso, de 34 anos, que sequestrou comerciantes no Jardim Centenário, em Campo Grande. Ele é suspeito de vários outros roubos e deve passar por reconhecimento na Delegacia Especializada de Repressão à Roubos e Furtos (Derf), conforme afirmou ao G1 nesta quarta-feira (26) o delegado Reginaldo Salomão.

“As investigações apontam que ele cometeu vários roubos em São Paulo, tanto a bancos como caixa forte e inclusive estava com mandado de prisão em aberto. Em seguida, praticou um roubo em Santa Rita do Pardo, pegou várias armas de fazendeiro que era colecionador e cometeu os crimes aqui. Pode ser que ele tenha cerca de 50 anos de condenação. Nós o pegamos no Jardim Imá e acionamos vítimas para reconhecimento”, contou Salomão.

Suspeitos buscavam cofre com cerca de R$ 200 mil, mas não acharam

Há oito dias, outros dois homens foram presos e qualificados como “muito violentos”. A prisão deles ocorreu em flagrante no bairro Monte Castelo.

Na ocasião, o delegado afirmou ainda que a dupla confessou o crime e que também procuravam por cofre com R$ 200 mil, que não foi encontrado. Sem o dinheiro, os presos e outros dois que estão sendo procurados, fugiram levando diversos objetos, joias e bebidas. Eles ainda quebraram quatro televisores.

COMPARTILHAR