Vereador questiona gastos do Legislativo com publicidades e é agredido pelo assessor da Câmara

86
Dennis Thomazini foi agredido pelo assessor da Câmara Municipal/Cenário MS

Cenário MS

Que o clima entre os vereadores da Câmara Municipal de Bataguassu não anda nada amigável, a maioria dos munícipes já sabem, no entanto, na última sessão da Casa de Leis a falta de acordo entre os vereadores da base aliada do prefeito e a oposição passou dos limites e as acusações de ambos os lados terminou em agressão e o caso foi parar na Delegacia.

Segundo boletim de ocorrência de número 255-2019, registrado na última terça-feira (19), um dia após o fato – o vereador Dennis Thomazini (PTB) foi agredido pelo assessor da Câmara, o advogado Felix Francisco de Menezes Neto, após o final da sessão que havia sido marcada por questionamentos do vereador em relação aos gastos excessivos com publicidade e propaganda da Casa da Leis no ano anterior. Segundo Thomazini os gastos ultrapassam a quantia de R$ 300 mil.

Na sessão Thomazini apresentou um requerimento que pedia explicações ao presidente sobre os gastos. Ao fim da sessão, segundo registro policial, ele se dirigiu ao assessor da Câmara, onde pediu os documentos que comprovassem os gastos.

Nas palavras de Dennis na delegacia, neste momento o advogado lançou-se violentamente contra ele o atingido com uma soco na altura do peito, e, logo em seguida passou a desferir palavras de baixo calão ofendendo sua honra e ainda proferindo ameaças.

Segundo o vereador, as agressões somente cessaram com a ajuda de outros parlamentares que retiraram o advogado do Plenário. No boletim de ocorrência o vereador ainda citou que pretende representar o ocorrido à Justiça. O caso foi registrado como injúria, ameaça e desacato.

Outro lado

A redação do Jornal Cenário MS entrou em contato com o advogado Felix Francisco de Menezes Neto via telefone e WhatsApp, que informou ainda não ter conhecimento sobre o boletim de ocorrência e as acusações nele narrados.

Em relação a acusação de agressão e difamação, o advogado relatou ao Cenário MS que não ocorreu nada de grave e negou ter agredido o vereador que segundo ele, estava muito alterado. Para Felix, o vereador se desiquelibrou e veio a cair. “Eu jamais empurrei ele” disse o advogado que ao final ainda declarou que admirava Dennis Thomazini tanto como advogado quanto como vereador.

COMPARTILHAR